sábado, 18 de janeiro de 2014

As relações amorosas dos andruptos


Nos últimos dias e através de duas brilhantes entrevistas (aprendam senhores da comunicação do Benfica, as entrevistas servem para passar mensagens e não dar headlines aos jornais) ficámos a saber o que se passa a nível de relações amorosas entre os andruptos.

Ficámos por exemplo cientes de que o andrupto-mor é um amante carinhoso que todos os dias diz ao seu querido Paulo Fonseca que o ama. 

Já no que diz respeito a outra relação amorosa de Pinto da Costa ficámos a saber que ele acha que Artur Soares Dias pode não ser 'puta' que ele não afirmou isso, mas que foi uma valente galdéria ao não os ter ajudado ainda mais, isso foi.


7 comentários:

  1. You sir are on fire! ;)

    Muito bom mesmo! É o que eu digo deverias ser editor no 9gag Carlos Alberto!

    Sobre o Porto, o Pinto da Costa, o Paulo Fonseca e todos os outros, apenas como é possível serem tão ceguinhos com a forma como o Porto joga. Quem os ouve a falar parece que têm um modelo de jogo à Barcelona: asfixiante com o adversário, com uma defesa imaculada que antecipa os movimentos contrários sem recorrer a faltas. Mas, depois o que vemos é o que referi aqui:

    http://o-guerreiro-da-luz.blogspot.pt/2014/01/o-pior-cego-e-aquele-que-nao-quer-ver.html

    ResponderEliminar

Caro(a) Benfiquista.
Aqui, no nosso blogue, a sua opinião é importante
Contribua para o debate livre.
Opine sobre o seu clube!