sábado, 9 de junho de 2018

Uma sensação de esperança mas...


...ao contrário!


Quem segue este blogue sabe que sou um tipo cheio de esperança no Benfica. 

Acredito sempre que vamos ser campeões, aliás acho mesmo que ainda vamos ser PENTA após a investigação do pagamento do #EstorilGate, durante o intervalo mais logo da história.

Não obstante este meu optimismo, sinto-me a encarar a próxima época com uma angustia, quiçá inexplicável: Estamos a contratar bem, com muito bons jogadores especialmente para a linha avançada e eu só penso que vamos ter um banco carregado de excelentes avançados. 

Vejo o gozo com a situação do Sporting que não consegue contratar um treinador e fico a pensar: e nós? Vejo os andruptos a venderem jogadores que quase nem jogaram na equipa principal por 20 milhões enquanto a nós resta-nos emprestar jogadores esperando que o seu treinador nessas equipas os possam valorizar. 

Sinto-me de volta a 2008, onde DiMaria era "uma merda que todos queriam ir levar ao Aeroporto", um Aimar era "um velho em gozo de férias e que devia ir ganhar caparro para o Estrela da Amadora" e um Cardozo que era "um tosco que nem no Oriental tinha lugar", enfim, revejo um "Fica Quique" em versão de charcutaria.  

Ver um Jimenez ser emprestado ao Wolverampton e um Talisca a uns chineses quaisquer, mesmo tendo em conta que o negocio da China se trate de fuga ao fisco chinês é mesmo angustiante.

Esta é a principal razão para escrever cada vez menos, aqui no blogue, pois ninguém quer ler um tipo angustiado e com visão catastrófica acerca do futuro próximo do Benfica. 

Como se costuma dizer: "Se não tens nada de bom para dizer, cala-te" e assim farei. Quando voltar a ter esperança, cá voltarei a escrever até que o teclado me doa. 

Entretanto quem quiser seguir coisas angustiantes, entremeadas com alguma picardia com os rivais/inimigos ou outras alarvidades e parvoices e tiver conta no twitter pode-me sempre seguir aqui:



Um abraço carregado de saudações Benfiquistas e até breve. 


domingo, 13 de maio de 2018

Com os resultados de hoje já podemos...


...preparar a contribuição para mais um perdão de divida aos lagartos.


Sem o dinheiro da Champions e com a obrigatoriedade de pagar oito milhões de indemnização ao treinador, o Bruno de Carvalho vai dar outro calote à banca, calote esse suportado por todos nós. 


domingo, 8 de abril de 2018

Desonestidade bipolar

Enquanto Benfiquista são mental, agradecia que a Santa Aliança se decidisse.

Enquanto que uns dizem que o 0lance de ontem não foi penalty, outros dizem que o Luís Filipe entrou propositadamente para fazr penalty.

Conhecendo pessoalmente o Zé  Couceiro e o seu passado, duvido imenso.

Agradecia que a Santa Aliança escolhessem só um dos pólos da vossa desonestidade intelectual, porque rirmos de duas opiniões intelectualmente desonestas dá mais trabalho do que vocês valem.

Obrigado

terça-feira, 3 de abril de 2018

A "borradice" deles explicada

Com a derrota ontem do Porto no Restelo, na sequência da nossa vitória contra o Guimarães, o nosso 1º lugar deixou de ser "à condição" e passou a ser nosso. De pleno direito.

Este desaire do Porto, por muito que se ache que não, na minha óptica tem o seu fundamento em nós.

Se se notar com atenção, o declínio exibicional do Porto - e temos de reconhecer que, durante um tempo, o Porto apresentava um futebol impositivo, com fluidez, velocidade, bem pensado e estruturado - começou quando o nosso futebol começou a ser forte. Rápido. De comando. Com autoridade.

Esse tipo de futebol, a meu ver, fez com que o Porto  - e já nem refiro o Sporting porque.... bem..... o Sporting continua a ser o Sporting (e isso diz tudo!!!!) - tremesse: É completamente diferente ter de se preocupar com um Benfica menos forte e com o Sporting do que..... com este Benfica.

Jogamos, neste momento, o futebol de melhor qualidade a nível nacional. Variado, pressionante, equipa subida, rápida, exposta ao risco - é certo - mas a criar imenso perigo no último terço do terreno.

É óbvio que, tal como todas as equipas, temos pontos em que somos menos fortes. Mas a verdade é que, neste momento, somos a equipa que  melhor futebol apresenta em Portugal.

E é isto que os fez tremer: a nossa subida de forma deu-se numa altura vital da época. Numa altura em que, esperavam eles, o mais certo seria estarmos amorfos, esgotados física e psicologicamente.

Em sentido contrário, estamos nós afirmativos, impositivos. E são eles que estão em baixo.

E isto deu-lhes medo. Fê-los tremer. Abanou todas as convicções e certezas que tinham no título e foram eles que se foram abaixo. Nós..... bom, nós continuámos o nosso caminho. Ganhando. Fazendo a nossa parte. Mas fazendo-os sempre sentir que estávamos lá. Para o que desse e viesse.

E neste momento, apesar de ninguém poder adivinhar o futuro, apesar de todos esperarmos 6 vitórias nas 6 jornadas que faltam, a verdade é que eles "estão a ver a vida a andar para trás"!

É esta a grande diferença do nosso Benfica relativamente a FCP e SCP: Temos em nós o espírito, a força, o crer e o querer ser campeão. Temos experiência nestes jogos de "mata-mata": não fazemos outra coisa no passado recente!!! É essa a nossa história recente! É isso que tem acontecido nos últimos anos: Os outros sempre a cheirarem-nos. A andarem na nossa cola, no nosso trilho. E nós sempre ganhámos os jogos aos quais não nos apresentámos com excesso de confiança.

Acima de tudo, nós, BENFICA, somos feitos de vitórias. De Glória. E temos esse espírito de campeão, que nos faz não falhar nas horas decisivas, e que é a grande diferença para eles.

Que assim seja também este ano.

sexta-feira, 30 de março de 2018

Quando o #MonteDeEsterco mudou a arbitragem


Em 2016, FC Porto e Sporting de Lisboa promovem um golpe na Liga/Federação e conseguem eleger um tal de Fontelas Gomes, pai do futuro juvenil menos utilizado do clube de Alcochete e ex-marido da dra. da Liga que faz coisas estranhas nas reuniões da FPF.

Essa acção tem agora a reacção da UEFA: Árbitros portugueses fora do Mundial. 

É caso para uma primeira pagina do Record: "Bruno de Carvalho arrasa arbitragem" literalmente


quarta-feira, 14 de março de 2018

E porque nem só de BENFICA vive o mundo da bola….

Pensar em futebol, para muitos, é, basicamente, pensar em Benfica.

O Benfica, mais que um Clube, e depois de tudo o que já passou nos seus 114 anos de vida, é um Amor. Uma paixão. Uma forma diferente de ver, viver e sentir a vida. Também por isso digo que, quando os Barcelonistas dizem “Barça, més que un club”

Mas a verdade é que não somos os únicos a existir no Mundo. Existimos nós…. E, depois, só depois, existem os Clubes menores. Ou seja… todos os outros! Real Madrid, Barça, Bayern, etc. incluídos!

 

Contudo, hoje, preferi passar para aqui algo que me vai na cabeça, que parte de algo que li na primeira página do CM, e que dizia que Bruno de Carvalho quer expulsar o Vítor Espadinha de sócio do Clube por lhe ter chamado “atrasado mental”.

 

Começo por dizer que NUNCA um Presidente do Sporting se confundiu tanto com o seu Clube! Que ele apresentasse queixa-crime, seria minimamente aceitável. Ir-se-ia discutir, depois, em Tribunal, se o Espadinha tinha ou não razão….! Contudo, o Espadinha chamou ao PRESIDENTE, não ao Clube! Logo…

 

Mais: Acredito que “Sua Alteza Real” considere que aquilo é um Crime de Lesa Majestade, e, como tal, deve ter como pena ser excomungado do Reino Verde. Acredito até que esteja previsto na última alteração estatutária que Sua Alteza Real chantageou para obter. Mas a verdade é que, a meu ver, trata-se de uma alteração inconstitucional. A Liberdade de expressão – ou outra qualquer!!!! – apesar de ter os seus limites no início dos Direitos, Liberdades e garantias de outrem, nunca pode ser afectada! E este Cavalheiro fá-lo! Fê-lo! Coagiu outros a fazê-lo! E eles, tão mansinhos, a seguir o seu líder, quase parecendo enfeitiçados por aquela luz verde de sabedoria – que, na verdade, não passa de um néon para fritar moscas – votaram a favor, batendo com a mãozinha no peito, se calhar! E, distraídos e encadeados pelo tal brilho que seguem, nem viram que a caminha lhes foi feita, entregue, e agora…. muitos deles vão-se deitar nela!

 

É triste chegar ao ponto de ver isto acontecer. Mais a mais, acontece e nem é por eles: é por nós! Acontece, apenas e só, porque NÓS somos a verdadeira luz que os guia! NÓS representamos tudo aquilo que eles querem ser! NÓS temos tudo aquilo que eles queriam ter! Criticam-nos, ofendem-nos, desdenham no que temos….. mas a verdade é que “davam o cuzinho e oito tostões” (passe a expressão) para serem o que somos, terem o que temos e estarem onde estamos.

No fundo, até nisto são iguais a nós, que, há umas décadas, deixámos de crescer e passámos a nos afundar exactamente por termos tornado o crescimento do FCPorto no nosso “farol”. E quem olha para os outros e tenta crescer na sua sombra… não cresce.

sábado, 10 de março de 2018

In Vieira we trust



Quem me segue sabe que já fui mais fã de Vieira e das suas amizades no Benfica, no entanto nesta hora estou incondicionalmente ao lado dele e da sua direcção

Senão vejamos e convido os meus amigos leitores a esta reflexão: Os gajos têm gigas e gigas de emails do Benfica, têm empresas de comunicação e redacções de jornais ao seu serviço, conseguiram meter dezenas de agentes da PJ e do MP, que deviam servir a lei, a cumprir uma agenda de afrontamento ao Benfica. Têm tudo isso e o que é que conseguiram até agora?

Descobriram que existem uns tipos na Liga que são do Benfica e que trocam emails com o seu clube, clube esse que beneficia da ajuda de um bruxo guineense e que provavelmente o Pedro Guerra roubou bolachas a uma funcionária. 

Como não chegava para fazer sangue, arranjaram uma cena com o ministro das Finanças e um pedido de convite para o camarote. Ligando esse pedido a um email descontextualizado, colocaram a PJ a fazer buscas no Terreiro do Paço e o líder do PPE no Parlamento Europeu a querer questionar o Presidente do Eurogrupo sobre o facto de ter sido 'comprado' com 2 bilhetes em troca de uma isenção de IMI do filho do Vieira.

Lembro que a PJ fez buscas no gabinete de um ministro da Finanças de Portugal, Presidente em exercício do Eurogrupo, por suspeitas de se ter vendido por dois bilhetes para um jogo contra o Porto e em troca teria dado uma borla que era da competência de outra entidade (CML).

Portanto, se a PJ faz buscas num gabinete ministerial com um motivo tão descabido o que nos levará a acreditar que o técnico de informática tenha, de facto, feito o que o acusam, ainda para mais quando a contrapartida seria, novamente, de bilhetes para jogos e marchandising do Benfica.

Mas andam a brincar com isto? Alguém se vende por meia dúzia de bilhetes para a bola? 

A estratégia está à vista de todos os que queiram ver: lança-se uma suspeita, o MP (aqui acho que andam a querer fazer a cama à Joana Marques Vidal) manda a PJ investigar e as empresas de comunicação que trabalham para a Dragartada lançam os "soundbites" nos jornais como lhes interessar para o efeito pretendido. Se forem desmentidos isso apenas quer dizer que há uma "toupeira" no processo. Fácil, não é? Por exemplo, nesta investigação já andam a dizer que afinal o Benfica sabia das buscas e que o técnico até alterou o processo. Assim, quando for arquivado, podem dizer que foi obra da "toupeira"

Lembro os meus caros leitores que não existem "fontes" da investigação. O que existe é "toupeiras", gente que comete o crime de "violação de segredo de justiça" em favor de uma tese qualquer.

Até agora o Vieira só foi constituído arguido num caso, do juiz Rangel mas até esse caso é estranho pois como consta o maior acto de corrupção do juiz foi em prol do dono do Sporting (facto sempre omitido pelos media) e não do Vieira. 

Aguardo por isso, pelo menos pela acusação. Quando sair uma acusação que todos possamos ler, aí podemos tomar o nosso próprio juízo, até lá, só os canalhas e as ratazanas abandonarão o barco. 

Este Penta vai saber ainda melhor.