sexta-feira, 29 de abril de 2016

E aqueles que, por obras valorosas...



...se vão da lei da morte libertando. 

Camões rever-se-ia em Almeida,

Além  destes lances ainda se sacrificou no ultimo minuto com uma expulsão que nos deu uns segundos de descanso,

Como eu gostaria de ter visto o André Almeida atrás de um moicano naquele fatidico minuto 93 no antro corrupto.


O 35 passa, hoje, pela Luz



Portanto malta, tratem lá de o apanhar!

domingo, 24 de abril de 2016

O 35 nas orelhas de um chouriço.


"Ah e tal, os chouriços não têm orelhas" - responderá o leitor mais distraído. Pois não mas as bolas também não e no entanto o jogador do Rio Ave acertou nas orelhas da bola o que fez com que ela batesse no poste caindo para a cabeça do Raul RRRRRRimenez usando da pronuncia dos gajos da rtporto quando se referiam a um tal de James. 

Bom mas isso agora não interessa nada, a verdade é que foi com a ajuda das orelhas da bola? Foi! Sorte? Nada disso, aquilo é um lance treinado. Já tínhamos feito parecido em SãoPetersburgo e é aí que entra o chouriço.

O chouriço Vitória que mais uma vez acertou nas substituições e, acredito, deve ter dado um valente puxão de orelhas naquela malta pela horrível primeira parte que fizeram. 

"Porra, ó Carlos, continuas a chamar o homem de chouriço?" indignar-se-ão alguns leitores. Sim mas chouriço no sentido original da coisa

Que continue a ser o "Chouriço" que nós somos do povo e gostamos de enchidos de títulos. 


sábado, 23 de abril de 2016

Frango? Não!! 'Frango' é outra coisa.



A dificuldade que o guarda-redes teve para deixar entrar a bola... 

A forma como ele , harmoniosamente, encolhe os braços contrariando toda a formação de guarda-redes que teve desde criança é enternecedora.

É preciso muita destreza e coragem para fazer aquela não defesa. Não está ao alcance de qualquer um.

Por exemplo o meu puto, que joga a guarda-redes nos infantis do clube aqui da terra não conseguia. Ele iniciou a formação com actual treinador de guarda-redes do Braga e com actual treinador de guarda-redes do Tractor do Irão e qualquer deles o ensinou, ainda mesmo antes de aprender a ler, que a queda tem de se fazer sobre um braço esticado. 
O braço que está do lado do chão tem de estar esticado caso contrário o atleta corre o risco de partir o braço, ou lesionar o cotovelo ou como foi o caso deste guardião do União bater com o 'focinho' no chão. 

Parece que foi ontem (e já passaram 6 anos) que os misters Figueiredo e Tavares gritavam para os putos que "ou caiam com o braço esticado ou iam para casa". As crianças até choravam com o medo que tinham dos gritos deles mas uma coisa é certa, nem o meu filho nem nenhum dos seus coleguinhas da mesma idade ou um pouco mais velhos, que treinavam com aqueles grandes treinadores, sofriam este golo. 

Para dar uma ideia de como um guarda-redes aprende desde criança a "queda lateral" ficam estas 4 fotos retiradas de um site de escolinha de guarda-redes: 






Acham isto parecido com o que o guarda-redes do União fez?





quarta-feira, 20 de abril de 2016

Há coisas que Doyen muito.

A UEFA penhorou todos os prémios da lagartagem para pagarem á Doyen o que quer dizer que a entrada directa na Liga dos Campeões nem vai dar para pagar os almoços aos jornalistas amigos quanto mais os milhões para o 'cérebro'.

Sim, a foto que encima o post é do jornal o Jogo, os pasquins de Lisboa estavam a almoçar 'à conta' quando esta noticia se soube.

segunda-feira, 18 de abril de 2016

Ederson dá o titulo a um Benfica aparvalhado.


Aquela saída aos 91 minutos frente a um 'choco frrrito' isolado deve ter garantido o 35.

A pior segunda parte dos últimos 7 anos podia ter estragado tudo. 

Ele, o sueco, o capitão, o pistoleiro e os 54 mil estiveram presentes, os outros... bom, não critiquemos os futuros campeões nacionais. 




quarta-feira, 13 de abril de 2016

Na noite em que caímos da Champions...




...quero deixar a minha vénia a Rui Vitoria.


Se no inicio da época achava que ele se ia embora porque não tinha categoria, agora acho que ele se vai embora porque passou a ter demasiado mercado para as nossas possibilidades.

Poucos treinadores terão criado tantas dificuldades a Pep Guardiola e ainda por cima, visto por milhões de pessoas.

Podia agora fazer uma piada dizendo que o Rui Vitória tinha passado de chouriço a caviar mas na verdade eu prefiro o enchido às ovas do esturjão.

Agora, é concentrar no 35. 

Carrega Benfica.