quarta-feira, 8 de maio de 2013

A falta que faz uma genial chantagem




O Tribunal de Justiça Desportiva do Rio de Janeiro (o de Gondomar ficava fora de mão) decretou a suspensão preventiva de Deco por um período de 30 dias, na sequência do controlo anti-´doping` (aka amarelinha do Póvoas) positivo do médio luso-brasileiro.

O Fluminense tem agora cinco dias para apresentar a defesa escrita do jogador e juntar eventuais provas ao processo, e quiça fazer, a exemplo do luso FCP uma genial chantagem sobre a CBF. a fim de conseguir a absolvição do cogumelo mágico.

A Procuradoria terá, então, dois dias úteis para se pronunciar sobre o caso.

De acordo com a Imprensa brasileira, Deco deverá ser julgado no final deste mês, o mais tardar no início de junho.




P.S. Texto retirado do pasquim do Serpa com acrescento a negrito por parte do nosso blogue

17 comentários:

  1. e pa e o povoas a pj andara atras dele

    ResponderEliminar
  2. será q se vai fazer mesmo um controle aos corruptos das antas no ladrão ...

    ResponderEliminar

  3. Exige-se controlo anti-doping no:

    FC Porto-Benfica!!


    No início da década de 90, clubes sabiam dos testes graças a fugas de informação, desvendadas pela PJ. Controlo do futebol sofreu revolução ,sera verdade .

    ResponderEliminar
  4. se calhar tem que se começar a fazer mais controlos é nas equipas de JJ ... é que das duas duas .. ou o gajo é burro (por acaso é!!!), ou é estranho as equipas deles, chegarem a abril e os jogadores já estarem todos rebentados (já é assim desde os seus tempos em belém) ... e este ano até tem rodado mais o plantel ...

    Ceciliano Silva

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pode ser te desta vez rebentem os drogado do Dragão

      Eliminar
  5. não ficou surpreendido com as declarações de Fernando Mendes, tendo em conta as fugas de informação que existiam no início da década passada e que foram desvendadas pela Polícia Judiciária no conhecido caso Luís Lourenço.

    Lourenço era o médico que, segundo a acusação do processo, estava no centro do esquema, que contava com a colaboração de um motorista do Centro de Medicina Desportiva de Lisboa, onde estão instalados LAD e CNAD.

    of: e pa este Lourenço não e o da AFP era bom investigar

    ResponderEliminar
  6. viva o nuno assis e todos os drogados que ja foram apanhados nas modalidades do benfica, é que no porto ainda não houve ninguem que acusasse doping já noutros lados vai de assassinatos a drogados, basta ver como o lfv enriqueceu.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O defesa João Pinto do Porto acusou doping e quem foi acusado foi o Veloso, com a cumplicidade das autoridades, que por isso não foi ao mundial. O Veloso colocou a FPF em tribunal que deu razão ao Veloso e teve de lhe dar uma choruda indemnização.
      Os jogadores do Porto dopavam-se quase todos com a cumplicidade do clube o qual sabia quando havia controle, porque corrompia as pessoas, conseguiam safar-se.

      Se houve atletas do Benfica que se doparam fizeram-no por iniciativa própria e nunca com a cumplicidade do clube, como aconteceu e acontece no Porto. Daí os atletas do Porto nunca terem sido descobertos porque o clube tratava de tudo corrompendo as pessoas.


      Eliminar
  7. «O Benfica teve controlos antidoping em mais de 40 por cento dos jogos» -

    ResponderEliminar
  8. No FCPorto elogia-se tudo e de todos, menos o seu preparador físico. É uma injustiça!
    A fantástica pujança física que as equipas do FCPorto demonstram, sempre que jogam com o SLBenfica, é um caso sério. Ontem no clássico, por exemplo, Lucho González (32 anos).. com 70 minutos de jogo nas pernas, ainda tinha fôlego de sobra para correr velozmente como um jovem de 22 anos. Impressionante! Está, ou não, de parabéns o preparador físico do FCPorto!?

    ResponderEliminar
  9. Se fosse eu, (pelo sim pelo não), exigia o controle antidoping em todos os jogos do SLBenfica até ao final do campeonato. E ninguém tem que ficar melindrado com isso. Afinal, quem não deve não teme

    ResponderEliminar
  10. O dr. Domingos Gomes é um grande especialista do doping, e os jogadores do Porto tinham a fama (e o proveito) de irem para controlo anti-doping com frascos já cheios, dentro dos bolsos dos roupões. Os jogadores chegaram a acusar que estavam… “grávidos”, mas dopados, nunca!!

    ResponderEliminar
  11. Procurem os efeitos secundários da testosterona a assim se explica o meio campo campeão europeu em 87. O Doriva e o Emerson, e todos os outros hulks quando sairam de lá desapareceram.Sobre o Doping, recordo as declarações do Demol quando saiu do Porto (o melhor marcador dessa época, do campeonato,só com os golos marcados de penalty), onde disse: ia-se embora porque não queria ficar careca!!! 
Dizia-se que as substâncias que eles tomavam, provocavam calvície e raiva precose...

    ResponderEliminar
  12. O Doping e o FCPorto

    Chama-se Moreira e foi lançado no FC Porto na mesma altura que Hélder Postiga. Ambos formavam uma dupla promissora, mas tiveram caminhos bem distintos. Porquê? Doping. “Talvez um dia fale”, disse Moreira, ao Maisfutebol. Curioso é o facto de esta publicação online ter ‘apagado’ a notícia na qual Moreira põe em xeque o FC Porto...

    Esta história tem diversos contornos estranhos. Em 2001, foi relatado um caso de doping no FC Porto – com Moreira a acusar furosemida, na fase final do Campeonato de Juniores, e a ser suspenso de toda a actividade, quando já estava no plantel principal do FC Porto

    ResponderEliminar
  13. 05.07.2007. Os portistas Rui Pedro e Fábio Pereira foram suspensos preventivamente porque, no final de um jogo entre o Benfica e FCPorto no dia 5 de Maio a contar para o campeonato nacional de Juniores foram ao balneário antes de comparecerem atrasados, ao controlo anti-doping, situação proibida pelos regulamentos antidopagem.

    ResponderEliminar
  14. O Deco esteve no Porto 4 ou 5 dias durante o mês de Dezembro. Na altura eu tive ocasião de deixar um comentário noutro blogue em que disse afirmativamente que veio para se "aconselhar" com os druidas do Porto sobre produtos dopantes atendendo a que o Deco, querendo prolongar a carreira e sabendo bem o que tomava quando esteve no Porto, conhece as pessoas.

    Um jogador que vem do verão do Brasil para o inverno do Porto, que no Porto não é nada agradável, não terá vindo visitar os amigos nem de férias, senão teria trazido a família. Digo eu que não percebo nada dessas coisas.

    Com certeza que foi pura coincidência o Hulk uns dias depois fez exactamente a mesma coisa. Uma visitinha ao Porto, sozinho, durante o inverno, para matar saudades.

    Afirmei na altura que iríamos ver o Hulk a mostrar um rendimento mais elevado no campeonato russo. E não é que é verdade? Devo ser bruxo!

    ResponderEliminar
  15. Bom dia Carlos, e restante GLORIOSOSFERA.

    De vez em quando vêm aqui uns porcos, largar umas bufas à laia de comentário, e que elevam o odor a metano, imaginando eles que o MAIOR, e os benfiquistas, não destriçam o cheiro.

    Desenmerdem-se porcos, o vosso cheiro persegue-vos. Assim que abrem a boca, a pestilência acumula-se ao vosso redor.

    A vossa memória de suíno pode ser curta, mas a nossa é eterna, como eterno é o GLORIOSO.

    Bom dia

    ResponderEliminar

Caro(a) Benfiquista.
Aqui, no nosso blogue, a sua opinião é importante
Contribua para o debate livre.
Opine sobre o seu clube!