segunda-feira, 10 de junho de 2013

Dizem as más línguas que até já terá renovado...



"NOS 'TRINQUES' PRESIDENTE, NOS 'TRINQUES', deixe-me só pôr aqui de cócoras"



34 comentários:

  1. F. C. P.= FRAUDES CRONICAS PODRIDÃO LOL
    ENFIM OS FêCêPê, são tão Corruptos que não quérem ser sózinhos tambem quérem meter os honéstos no Mesmo SACO PODRE DELES! lol lol

    FCP VIGARISTAS CORRUPTOS CAMPEÕES DA FRAUDE SUJOS PORCOS QUE FALTA DE ÉTICA DESPORTIVA, ESTE FINTO da POSTA DIZ O QUER FAZ O QUE QUER E É SEMPRE PROTEGIDO POR ESTES ORGÃOS DE JUSTIçA......
    ENQUANTO QUE SE OS DIRIGENTES DO BENFICA DIZEM ALGUMA COISA DE VERDADE E SÃO LOGO PUNIDOS......... QUE DITADURA É ESTA ESTES ORGÃOS DE JUSTIçA PODRE SÃO PIORES QUE A ANTIGA PIDE DE SALAZAR.... CORRUPÇAO NO FUTEBOL PORTUGUÊS http://www.youtube.com/watch?v=O2lMr2eCNQM

    --------------------------------------------------------------------------------------------------F. C. P.= FRAUDES CRONICAS PODRIDÃO---------------------------------------------------------------------------------------------------

    Ó FÊ.CÊ.PÊS O QUE É DENUCIAR É ISTO ;>> É CLARO QUE O MAIS PREJUDICADO ATÉ AGORA FOI O BENFICA SEM SOMBRA DE DUVIDAS LOGO NO PRENCIPIO DO CAMPEONATO ROUBARAM-NOS CLARAMENTE 4 PONTOS AO BENFICA CONTRA BRAGA E ACADÉMICA E NOUTROS JOGOS EM QUE GANHAMOS MAS OS ARBITROS FIZERAM TUDO PARA QUE O BENFICA PERCA, E O FCP ESTÁ SER LEVADO AO COLO ATÉ AGORA POR OS PROENCINHAS E COMPANHIA DA FRUTA...

    O F.C.P = FALCATRUAS CORRUPçÃO PUTARIAS ANDOU 4 OU 5 JOGOS A DEFENDER COM 2 GUARDA REDES 4 PENALTIS CLARISSIMOS POR ASSINALAR........
    NO JOGO V. de SETUBAL X PORTO FOI UMA ROUBALHEIRA Escandalosa Que Porcaria mesmo até faz impressão! Que salto para a piscina no pénalti do Porto isto é Fruta de certêsa!......E as expulsões que vergonha o jogador joga a bola nem sequer faz falta e é expulso, depois 2° expulso é para rir ou quê!?.......Muita vergonhoso Fruta para Dormir sem duvidas nenhumas!.....É por isto que eles quérem o Proença pois Asssim é facil rouba Ganhar Gatunos...
    NO OLHANENSE X PORTO OUTRA ROUBALHEIRA UM PÉNALTY OFERECIDO DESCARADAMENTE QUE CULPA TEM O JOGADOR DO OLHANENSE DE QUANDO VAI A CAIR A BOLA LHE VAI TOCAR NO BRAçO É BOLA NA MÃO E NÃO MÃO NA BOLA, ONDE É QUE ISSO É PÉNALTY? SÓ NO FRUTA'BOL! E EM MUITOS MAIS JOGOS QUE TEMOS SIDO PREJUDICADOS E O FCP É SEMPRE BENEFICIADO SISTEMATICAMENTE! E TODOS OS ANOS COINCIDENCIA OU NÃO NO ANO EM QUE O FINTO DA POSTA FOI PUNIDO POR CAUSA DA FRUTA E TEVE QUE DESEMBOLSAR O DINHEIRO PARA PAGAR AOS JUISES E ADEVOGADOS CORRUPTOS E PODRES, E PARA NÃO DAR TANTO NAS VISTAS QUE A CURRPçÃO CONTINUAVA LA DEIXARAM GANHAR UM CAMPEONATO AO BENFICA LEMBRAM-SE DISSO!-----





    ResponderEliminar
  2. É GRAVE E O CUMULO DO ABUSO DOS PODÊRES SUPERIORES DA ARBITRAGEM E COM A COLABORAçÃO E INFLUENCIA DE CERTOS CANAIS DE TV E OUTROS MÉDIAS, ENTRE OS QUAIS O CANAL PUBLICO DE TV PAGO POR TODOS OS PORTUGUÊSES, MAS MAIS PARÉCE UMA DEPENDENCIA DA TV PORT. CANAL, E OS CORRUPTOS DO FCP UTILIZAM TODOS ESTES MEIOS ENFLUENCIAR A OPENIÃO PUBLICA E DESPORTIVA COM ALDRABICES INVENTADAS, PARA COM ISSO PODER FAZER AS TRAFULHICES E ROUBA'GANHAR OS JOGOS E CAMPEONATOS E MESMO OS JOGOS EUROPEUS QUE FORAM ADEQUIRIDOS A CUSTA DA VATAGEM DE TER GANHO OS CAMPEONATOS NA TRAFULHICE DAS FRUTAS, CHOCOLATINHOS E VIAGEMS, POIS SE O FCP NÃO TIVÉ-SE SIDO AJUDADO A GANHAR QUASE EM TODOS OS JOGOS MAIS DIFICEIS EM PORTUGAL A EQUIPE PERDERIA A CONFIANçA DE UMS JOGOS PARA OUTROS E NUNCA TERIA CHEGADO ONDE CHEGOU NA EUROPA, PORQUE PERDERIAM DINHEIRO E PODER DE COMPRA E VENDA DE JOGADORES PORQUE OS JOGADORES QUE ELES VENDÊRAM NÃO VALERIAM NEM UMA TERçA PARTE DO QUE ELES RENDÊRAM, E FORAM MILHÕES E MILHÕES QUE FORAM PARAR AOS BOLSOS DOS COMPADRES DA JUSTIçA PARA OS SALVAREM DA PRISÃO, E TAMBEM NÃO TERIAM CONQUISTADO O QUE CONQUISTARAM NA LIGA DOS CAMPEÕES OU NAS COMPETIçÕES EUROPEIAS ... E TUDO ISTO A CUSTA DAS FRAUDES E TRAFULHICES DE MENTIRAS CORRUPTAS FRAUDULENTAS E IMUNDAS A PREJUDICAR O BENFICA E OUTROS CLUBES TAMBEM.......
    ASSIM É FACIL CONFIANçA A JOGAR COM 14 CONTRA 11 E A CONTAR SEMPRE COM AS AJUDINHAS NOS JOGOS MAIS COMPLICADOS, QUANT MAIS GANHAVAM NA FRAUDE MAIS CONFIANçA TINHAM PARA GANHAR JOGOS E CAMPEONATOS COM OS ARBITROS A ABRIREM AUTO ESTRADAS PARA A BALISA DOS ADVERSARIOS DO FCP A JOGAR COM ESTAS AJUDAS TODAS É FACIL GANHAR CONFIANçA DE VITORIA EM VITORIA QE QUANDO ÉRA MAIS COMPLICADO LA VEM O TA JEITINHO DO PÉNALTY FORçADO PARA O FCP GANHAR!-------

    PASSOS FEREIRA x F.C.PORTO Escandaloso digam lá que este Frutabol não é Comprado que golpe de teatro do james que tropéça no proprio pé FORA DA AREA no pénalti A FAVOR DO PORTO!!
    É SÓ PARA RIR!! Que pouca vergonha ainda por cima um jogador do passos expulso para eles poderem ganhar mais a Vontade,,,,,

    QUE NOGEIRA MESMO FRUTA'BOL MAIS UM CAMPEONATO DADO A ESSSES CORRUPTOS DOPINGADOS CRIMINOSOS LADRÕES SEM VERGONHA NAS BENTAS! SUJINHO PORCO E ESCANDALOSO ATÉ DA VOMITOS DE TÃO MAL QUE CHEIRAM QUE POR ONDE PASSAM IMPÉSTAM TUDO DE MER.....
    O F.C.PORTO FOI AJUDADO VERGONHOSAMENTE EM VARIOS JOGOS ENCLUSIVAMENTE NO ULTIMO JOGO COM O PASSOS COM UM PENALTI INEXISTENTE E ESTE SIM ABSURDO E SUJINHO PORCO MESMO E CLARAMENTE A VISTA DE TODOS SÓ NÃO VÊ QUEM NÃO QUÉR ESTA ROUBALHEIRA DE FRUTA'BOL!


    ResponderEliminar
  3. ESTE CAMPEONATO FOI A COISA MAIS PORCA SUJINHA E BADALHOCA QUE JÁ SE VUI NA HISTÓRIA DO FUTEBOL!!!!!!
    O HUGO MIGUEL E OUTROS ARBITROS FORAM OS UNICOS CAMPEÕES 2012/2013 PORCO SUJINHO!
    SÓ NÃO VÊ QUEM NÃO QUER VER!.......
    NÃO GANHAMOS MAS A CULPA NÃO FOI DO JESUS NEM DO BENFICA, A CULPA FOI ISSO SIM DA FRAUDE DESPORTIVA, CHEGA DE TAPAREM OS OLHOS COM UMA PENEIRA A CULPA É DA ARBITRAGEM E DA FEDERAçÃO PORTUGUESA DE FUTEBOL NÃO ME VENHAM CA COM HITORIAS PORQUE ESTE FUTEBOL PORTUGUES ESTÁ CHEIO E MINADO DE PODRIDÃO BASTA DE TRAFULHICE E DE ACOMODISMO DO BENFICA, E DE PODRIDÃO NA ARBITRAGEM E NO DIRIGISMO
    EU TENHO UMA DUVIDA É QUE NÃO SEI SE FOI O PORCO CAMPEÃO OU SE FOI UM CAMPEÃO PORCO! !!! MAS QUE FOI PORCO SUJO FOI!!

    COM PATROCINIO DA;
    FEDERAçÃO PORTUGUESA DA FRAUDE FRUTA'BOL PORCO!
    ---
    QUE POUCA VERGONHA ESTE FRUTO'BOL EM PORTUGAL.... " A GANHAR NÃO" QUER-SE DIZER A ROUBA'GANHAR TUDO NÃO É! CORRUPTOS QUE DESCARAMENTO ESTES FRUTEIROS DO FINTO DA POSTA, EM AINDA SE QUEIXAREM DAS ARBITRAGEMS!... Que Deus NOS LIVRE de tal VERGONHA EU SE FOSSE ADÉPTO DO "F. C. P.= "FALCATRUAS CORRUPçÃO e PUTÊDO" NÃO SAÍA DE CASA SÓ DE VERGONHA POR PERTENCER A UM CLUBE QUE TUDO O QUE GANHOU NÃO TEM NENHUM MÉRITO POIS FOI TUDO FALCATRUADO E ROUBA GANHO A PREJUDICAR TRECEIROS E TUDO O QUE É ROUBADO NÃO TEM VALOR NENHUM E SÓ PODE TER VALOR AOS OLHOS DE QUEM FOR IGNORANTE! .......
    SEUS CORRUPTOS Rouba'campeões É uma Fésta a roubar a 30 anos! lol
    http://www.youtube.com/watch?v=AXBu_BlMA0Q

    Enfim é o Masoquismo a Demagogia a Falta de Educação e Ética Desportiva dos Incultos Selvagens Corruptos FCP!
    FêCêPê, são tão Corruptos que não quérem ser sózinhos tambem quérem meter os honéstos no Mesmo SACO PODRE DELES! lol

    ResponderEliminar
  4. Ò FINTO DA POSTA CRIMINOSO ESTUPIDO PODES QUERER FAZER DOS PORTUGUESES ESTUPIDOS MAS OLHA QUE NÃO SÃO TODOS COMO TU DIZES ESTUPIDOS Ò CRIMINOSO ILIBÀDO PELA JUSTIçA PODRE!
    TU PODES ATÈ FAZER FESTAS ONDE TU QUIZÈRES POIS O BURACO REDONDO È O TEU, E FAZES PORQUE A JUSTIçA PODRE DE PORTUGAL NÃO TE PÔS ONDE TU DEVERIAS ESTAR À MUITO TEMPO A PAGAR POR TODAS AS FALCATRUAS DAS FRUTAS PARA DORMIR, DAS VIAGENS E ""OS PRÈMIOS COM FINAL FELIZ"" CAMUFLADOS ENTREGUES AOS ARBITROS, POIS MEU PORCO ESTUPIDO!
    MAS OLHA QUE OS PORTUGUÊSES NÃO SÃO TODOS ESTUPIDOS E JA SABEM BEM QUAL È A TUA FORMA DE ROUBAR TITLOS DE FALCATRUA DA FRUTA NOS CAMPEONATOS PORTUGUÊSES!

    PORTANTO TODOS OS TITLOS DE FALCATRUA ROUBADOS DE CAMPEÕES QUE O FCP ROUBOU, E PARA OS PORTUGUÊSES QUE NÃO SÃO TÃO ESTUPIDOS COMO TU PENSAS, MAS ELES NÃO DÈVEM SER ASSIM TÃO ESTUPIDOS COMO TU ÈS, E ELES JA TODOS SABEM QUE OS TEUS TITLOS FORAM TODOS ROUBADOS E ISSO PARA GENTE QUE TEM UM MINIMUM DE VERGONHA NA CARA, POIS PARA ESSES O QUE È ROUBADO NÃO TEM NENHUM VALOR!
    PORTANTO AS TUAS LABIAS DE TRAFICANTE E FESTAS DA MENTIRA E FALCATRUA DESPORTIVA, ATÈ PODES FESTEJÀ-LAS NUM SITIO ONDE EU CÀ PENSO E QUE NÃO DIGO PORQUE CHEIRA MAL, SÒ TE POSSO DIZER QUE È UM SITIO IMUNDO QUE SE PARÈSSE COM A TUA CARA DE POR. ALDRABÃO TRAFULHA E CRIMINOSO!LOL

    TU ATÈ PODES ENGANAR OS DA TUA LAIA OU SEITA MAS OLHA QUE NEM TODA A GENTE È ASSIM TÃO ESTUPIDA COMO TU LHE CHAMAS, QUE SE DEIXE ENGANAR POR UM TRAFULHA COMO TU!LOL

    A culpa é da Federação e da Justiça podre portuguêsa quando apoiam, e deixam esta gente trafulha como o FINTO da POSTA e TODOS OS SEUS CUMPLICES CONTINUAR NO FUTEBOL PORTUGUÊS SEM PUNIçÃO, DEPOIS DE SEREM CONHECIDOS AS PROVAS DE TODOS OS CRIMES QUE ELES FIZÈRAM DURANTE TODOS ESTES ANOS!! COMO QUEREM ELES QUE OS ARBITROS SEJAM CREDIBILISADOS E CREDIBILISAR O FUTEBOL PORTUGUÊS QUANDO ESTA GENTE CONTINUA NO FUTEBOL E SEMPRE A FAZER AS MESMAS TRAFULHICES. COMÈCEM POR BANIR TODA ESTA ESCUMALHA QUE CONTINUA A FAZER CAMPIONATOS DE MENTIRA....PORQUE QUEM ESTÀ DE ACORDO COM ESTAS BRUTALIDADES E INORMES FALCATRUAS E CAMBALCHOS ARBITRARIOS DA FRUTA PARA DORMIR, DOS QUINHENTINHOS, VIAGENS E OUTRAS TRAMOIAS OBTIDAS DE FORMA ILEGAL POR CERTOS TIPOS GENTE SE È QUE O SÀO? EM TODO O CASO PARA FAZER ESTE TIPO DE ENORMIDADES SE O SÃO, È GENTE QUE NÀO MERÈCE SER TRATADA COMO TAL, E QUE SE JULGAM VEDETAS EM PREJUDICANDO TRECEIROS, ENORMIDADES ESSAS QUE TEM SIDO COMETIDAS NO FUTEBOL PORTUGUÊS EM QUE AS PROVAS ESTÃO A VISTA DE TODOS NÃO MERÈCE RESPEITO DE NINGUEM. PORTANTO EU SEMPRE OUVI DIZER QUE A CARAPUçA SÒ SERVE A QUEM A USA E QUEM QUER SER RESPEITADO DA-SE AO RESPEITO, NÀO!

    DEPOIS DESTAS TRAFULHICES COMO QUER ESTA GENTE QUE O POVO UNÉSTO NÃO FALE DOS ARBITROS DOS CASOS DE FRAUDE QUE ""CONTINUAM COMO SE VÊ"" E QUE FUTEBOL TENHA CREDIBILIDADE??

    A VOSSA FORMA DE ROUBA' GANHAR JOGOS E CAMPEONATOS JA TODA A GENTE CONHÉCE E NÃO ME VENHAM FALAR DAS COMPET. EUROPEIAS PORQUE SE O FCP NÃO TIVÉ-SE ROUBADO OS CAMPEONATOS EM PORTUGAL NUNCA TERIAM GANHO CONFIANçA DE JOGO PARA JOGO NEM TERIAM VALORISADO JOGADORES NEM PODIDO ARRANJAR DINHEIRO COMPRAR OS JOGADORES QUE COMPRARAM E VENDERAM AS CUSTAS DAS FRAUDES DO FINTO da POSTA, COMPANHIA DA FRUTA, E COMPADRES DA JUSTIçA PORTUGUÊSA CORRUPTA E PODRE! MAIS NADA

    ResponderEliminar
  5. Ó seu Finto Porco Criminoso e Fraudes de Posta PODRE e Campeão de Esterco Podre!
    Finto da Posta Não estéjas tão apaneleirado e com patacuadas e baboseiras de nhefras do Ofnaguites, porque se não fossem os Jacintos Paixão, e os Carlos Calheiros, e muitos mais do antigamente e actuais Proencinhas e companhia da Fruta os teu titulos reduziam-se a ZÉRO NICLES! Pois porque não foram os jogadores do Porto que ganharam os Campeonatos da Fraude e da Mentira do Porto como este ultimo que foi mais uma vez Porco Sujinho e cheio de ESTERCO dos Huguinhos Migueis e dos Proencinhas e outros apitos lambidos e galanteados com Fruta dando cobertura a uma das maiores Fraudes Desportivas que já se viram no Futebol mundial e o Campeonato mais Sujo e cheio de Porcaria que como é habitual nesse Clube de Corruptos que e o Fruta'Bol Crimes Do Porto!
    F.C.P:= Fraudes Cronicas de Podridão o que tem como grande espêlho o maior Criminoso do Fruta'bol da Mentira o Seu Presidente o Finto da Posta!
    O vosso nome deveria ser Fraudes Clube dos Arbitros e não Futebol Clube do Porto! Corruptos, Fraudulentos, Quinhentinhos, Fruteiros, Dopingados!SAFASTES-TE PORQUE A JUSTIçA PORTUGUESA É ELA PRÓPRIA CORRUPTA E CHEIA DE PODRIDÃO................................... VITOR PEREIRA - Escutas Pinto da Costa http://www.youtube.com/watch?v=h6CXBW4FVl0

    ResponderEliminar
  6. Todo o mundo ficou a saber como respiraste essa malina peçonhenta na última jornada do campeonato em Paços de Ferreira. A dispensa de Cícero e Hurtado do ataque pacense para dar mais folga aos caceteiros azuis e broncos, o rastilho do passe de morte de Luís Carlos para o autotropeção do seu “adversário” colombiano fora da grande área, as macacadas consentidas do Josué, aquele abraço vergonhoso ao teu colega Bitótó e as tuas declarações antes e após essa fraude que foi o jogo do Paços de Ferreira contra o grémio da fruta, já indiciavam que te ias atulhar na merda corrupta de Palermo

    ResponderEliminar
  7. Anedota do Porto Campeão só se for na corrupção!
    Anda-va uma epidemia muito Contagiosa a Espalhar-se no norte em especial pêlos adéptos do FCP que lhes fazia e faz ganhar muitos titulos!
    Anda-va tudo admirado com tamanha contaminação pois ninguem sabia a origem dessa Praga ganhadora epidémica!
    Até que finalmente se começaram a perceber e não imaginam qual foi o espanto do povo ao descubrirem que essa Praga que éra Rouba’Ganhadora com ramificações e extrêmamente Contagiosa tinha origem nas inféctadas Podres Frutas Para Dormir!

    O quê F.C.Porto foi Campeão? Não isso foi só uma Anedota dos compadres da fruta!!

    ResponderEliminar
  8. EU TERIA IMENSA VERGONHA DE SER ADÉPTO DE UM CLUBE QUE SE DIZ UM CAMPEÃO MAS ISSO FOI TUDO ADQUIRIDO NA BASE DAS FRAUDES E MENTIRAS, E SÓ SE FOR CAMPEÃO DE ESTERCO PORCO E SUJO E A BASE DE FRAUDES, MAS ISSO JÁ É O ESPÊLHO DELES SÃO TÃO IGNORANTES E GENTE SEM ESCRUPULOS QUE PODEM ANDAR NA RUA COM A CARA CHEIA DE PORCARIA QUE PENSAM SEMPRE QUE ANDAM A FAZER BOA FIGURA! LOL

    ResponderEliminar
  9. (disponível em www.dgsi.pt), refere expressamente que: “Relativamente a este último prazo máximo de 3 anos de suspensão da contagem da prescrição, a lei não estabelece qual o seu termo, ao contrário do que sucede nos casos das outras alíneas do n.º 1 do art.º 120.º, cujo termo será o “dia em que cessar a causa da suspensão” (n.º 3), isto é, quando houver autorização legal, ou for proferida sentença no estrangeiro, ou findar a contumácia, etc.
    Com efeito, a “notificação da acusação”, como causa de suspensão, esgota-se no próprio ato e, portanto, não se pode ficar à espera de “cessar a causa da suspensão”, nos termos do n.º 3. Por isso, o único entendimento possível é o de que a suspensão da contagem do prazo da prescrição do procedimento criminal, por força da notificação da acusação ao arguido, destina-se a permitir que, num prazo razoável, contado pelo máximo de 3 anos, se efetue o julgamento e se processem os recursos das decisões que entretanto venham a ser proferidas. Por isso, o prazo de suspensão, nesse caso, é de 3 anos e só será menor se transitar até lá a decisão final que decidir a causa. Na realidade, é o que a própria alínea b) do n.º 1 do art.º 120.º refere: «- A prescrição do procedimento criminal suspende-se, para além dos casos especialmente previstos na lei, durante o tempo em que: (…) b) O procedimento criminal estiver pendente a partir da notificação da acusação…»” (s.n.).
    Deste modo não nos parece que a interpretação contrária à doutamente defendida pelos dois arguidos acima epigrafados seja “imediatista”, parecendo-nos, aliás- e salvo melhor opinião-, a única com arrimo na lei.
    Assim, a contagem do prazo prescricional que a seguir se fará considerará como causa de cessação da suspensão do procedimento criminal iniciado com a notificação da acusação o decurso do prazo de três anos ou o trânsito em julgado da decisão condenatória mas não o requerimento para a abertura de instrução e/ou a notificação do despacho que designou a data para a audiência de julgamento.
    Desta forma:

    ResponderEliminar
  10. 1. O arguido B....... foi condenado:
    1.1. Pela prática de 10 (dez) crimes de corrupção desportiva activa, p. e p. pelos arts. 4.°, n.°s 1 e 2, 2°, n.° 1, e 3°, n.° 1, todos do Decreto-Lei n.° 390/91 de 10/10 Outubro, na pena de 3 (três) meses de prisão por cada um;
    1.2. Pela prática de 25 (vinte e cinco) crimes de abuso de poder, p. e p. pelo art. 382.° do Código Penal, na pena de 3 (três) meses de prisão por cada um.
    2. O arguido C....... foi condenado:
    2.1. Pela prática de um crime de prevaricação, p. e p. pelo art. 11.° da Lei n.° 34/87, de 16 de Julho, na pena de 2 (dois) anos e 6 (seis) meses de prisão, suspensa pelo mesmo período (cuja declaração de prescrição, porém, não requereu);
    2.2 Pela prática, como cúmplice, de 25 (vinte e cinco) crimes de abuso de poder p. e p. pelos arts. 382° e 27°, n°s 1 e 2, ambos do Código Penal, na pena de 50 dias de multa, à taxa diária de € 100,00.
    A decisão condenatória transitou em julgado em 22/6/2012 (ver. fls. 35.040).
    Tendo em conta que os crimes referidos no ponto 1.1 são puníveis com prisão até 4 anos e que os referidos no ponto 1.2 e 2.2 com prisão até 3 anos ou multa, o seu prazo de prescrição será de 5 anos (artº 118º, nº 1, alª c) do CP).
    Nos termos previstos no artº 119º, nº 1 do CP, o prazo de prescrição do procedimento criminal corre desde o dia em que o facto se tiver consumado.
    Há que ter em conta, contudo, que determinados actos, seja pela sua prática, seja pela situação que criam, interferem na contagem do prazo acima referida.

    ResponderEliminar
  11. Assim, de acordo com o disposto no artº 120º do CP:
    1 - A prescrição do procedimento criminal suspende-se, para além dos casos especialmente previstos na lei, durante o tempo em que:
    a) O procedimento criminal não puder legalmente iniciar-se ou continuar por falta de autorização legal ou de sentença a proferir por tribunal não penal, ou por efeito da devolução de uma questão prejudicial a juízo não penal;
    b) O procedimento criminal estiver pendente a partir da notificação da acusação ou, não tendo esta sido deduzida, a partir da notificação da decisão instrutória que pronunciar o arguido ou do requerimento para aplicação de sanção em processo sumaríssimo;
    c) Vigorar a declaração de contumácia; ou d) A sentença não puder ser notificada ao arguido julgado na ausência;
    e) O delinquente cumprir no estrangeiro pena ou medida de segurança privativas da liberdade.
    2 - No caso previsto na alínea b) do número anterior a suspensão não pode ultrapassar 3 anos.
    3 - A prescrição volta a correr a partir do dia em que cessar a causa da suspensão.
    Nos termos previstos no artº 121º do CP:
    1 - A prescrição do procedimento criminal interrompe-se:
    a) Com a constituição de arguido;
    b) Com a notificação da acusação ou, não tendo esta sido deduzida, com a notificação da decisão instrutória que pronunciar o arguido ou com a notificação do requerimento para aplicação da sanção em processo sumaríssimo;
    c) Com a declaração de contumácia;
    d) Com a notificação do despacho que designa dia para audiência na ausência do arguido.
    2 - Depois de cada interrupção começa a correr novo prazo de prescrição.
    3 - Sem prejuízo do disposto no n.º 5 do artigo 118.º, a prescrição do procedimento criminal tem sempre lugar quando, desde o seu início e ressalvado o tempo de suspensão, tiver decorrido o prazo normal de prescrição acrescido de metade. Quando, por força de disposição especial, o prazo de prescrição for inferior a dois anos o limite máximo da prescrição corresponde ao dobro desse prazo.
    Deve ter-se finalmente em conta que, nos termos previstos nos artºs 9º, nº 2, 20º, nº 1 e 150º da Lei Orgânica nº 1/2001 de 14/8, o procedimento criminal não pode prosseguir desde a apresentação das listas de candidatos até à proclamação dos resultados eleitorais, o que ocorre até ao quarto dia posterior ao da votação. In casu, foram 59 os dias entre a apresentação das candidaturas e o quarto dia posterior à votação (ver fls. 33.045 a 33.070).
    Isto visto, analisemos a situação de cada um dos arguidos acima epigrafados:
    Quanto ao arguido B.......:
    Ponto 1.2 do acórdão – Jogo E…-F… (fls. 30.016).
    - O crime consumou-se no dia 1/4/2001 (uma semana antes do dia 8/4- cfr. ponto 1.2, A), d.).
    O procedimento criminal prescreveria em 1/4/2006.

    ResponderEliminar
  12. Tal prazo foi interrompido em 20/4/2004 com a constituição de arguido.
    O procedimento criminal passaria a prescrever em 20/4/2009.
    - Tal prazo foi interrompido e suspenso pelo período de 3 anos (uma vez que findo esse triénio não havia ainda condenações transitadas em julgado) com a notificação da acusação, o que ocorreu em 8/2/2006.
    O procedimento criminal passaria a prescrever em 8/2/2014.
    - Contudo, a prescrição do procedimento criminal tem sempre lugar quando, desde o seu início e ressalvado o tempo de suspensão, tiver decorrido o prazo normal de prescrição acrescido de metade (artº 121º, nº 3 do CP).
    Ora, tendo o procedimento criminal estado suspenso durante 3 anos e 59 dias, o prazo prescricional sobreviria necessariamente contados que fossem 10 anos, 7 meses e 29 dias.
    Ou seja, em 1/12/2011.
    Como a decisão condenatória, nessa data, ainda não tinha transitado em julgado, está prescrito o procedimento criminal relativamente ao crime de corrupção desportiva activa, p. e p. pelos artºs 4.°, n.°s 1 e 2, 2°, n.° 1, e 3°, n.° 1, todos do Decreto-Lei n.° 390/91 de 10/10 Outubro, referente ao jogo E…-F… disputado no dia 8/4/2011, o que aqui expressamente se declara.
    Pontos 1.3.1 a 1.3.29 do acórdão
    Compulsado o acórdão do Tribunal Colectivo a fls. 30.018 a 30.104 e independentemente dos crimes a que tal matéria viria a ser
    - O crime consumou-se no dia 1/8/2003.
    O procedimento criminal prescreveria em 1/8/2008.
    - Tal prazo foi interrompido em 20/4/2004 com a constituição de arguido.
    O procedimento criminal passaria a prescrever em 20/4/2009.
    - Tal prazo foi interrompido e suspenso pelo período de 3 anos (uma vez que findo esse triénio não havia ainda condenações transitadas em julgado) com a notificação da acusação, o que ocorreu em 8/2/2006.
    O procedimento criminal prescreveria, então, em 8/2/2014.
    - Não obstante a prescrição do procedimento criminal ter sempre lugar quando, desde o seu início e ressalvado o tempo de suspensão, tiver decorrido o prazo normal de prescrição acrescido de metade (artº 121º, nº 3 do CP), in casu, tal prazo não assume qualquer relevância prática.
    Isto porque, tendo o procedimento criminal estado suspenso durante 3 anos e 59 dias, o prazo prescricional sobreviria, por esta via, contados que fossem 10 anos, 7 meses e 29 dias desde a consumação do crime.
    Ou seja, em 31/3/2014. Mais tarde, por isso, que a prescrição ordinária.

    ResponderEliminar
  13. Significado de Prescrever

    v.t. e v.i. Ordenar; regular; comandar; estabelecer; preceituar; receitar; recomendar; fixar; limitar.
    Deixar de existir com o decorrer do tempo (falando-se de leis e regulamentos).

    Sinônimos de Prescrever

    Sinônimo de prescrever: caducar, determinar, estabelecer, instaurar, instituir, mandar e ordenar

    Definição de Prescrever

    Classe gramatical de prescrever: Verbo transitivo e Verbo intransitivo
    Tipo do verbo prescrever: regular
    Separação das sílabas de prescrever: pres-cre-ver

    ResponderEliminar
  14. Isto porque, tendo o procedimento criminal estado suspenso durante 3 anos e 59 dias, o prazo prescricional sobreviria, por esta via, contados que fossem 10 anos, 7 meses e 29 dias desde a consumação do crime.

    o amigo lucio tem dado muito ,mas mesmo muito jeitinho

    ResponderEliminar
  15. Petição Pedido de Reabertura do Processo "Apito Dourado"

    Para: Ministério Público e UEFA e à FIFA

    O caso Apito Dourado é um escândalo de corrupção no meio do futebol português que emergiu em 2004. Relacionado com o caso existe o Apito Final, um homólogo do tribunal desportivo. Este processo baseou-se em casos de corrupção relacionados com os escalões inferiores do futebol português, nomeadamente o Gondomar Sport Clube. Para além destes também o F.C. Porto e o Boavista seriam visados, visto que foram detetadas escutas telefónicas comprometedoras, que viriam a ser disponibilizadas no YouTube.
    As investigações acabariam a incriminar Jorge Nuno Pinto da Costa, presidente do Futebol Clube do Porto, e Valentim Loureiro, antigo presidente do Boavista Futebol Clube e da Liga Portuguesa de Futebol. Apesar de condenado em instâncias desportivas, o Futebol Clube do Porto e o seu presidente foram ilibados nos tribunais civis, tal como o Boavista e o seu ex-presidente João Loureiro. Todavia, as escutas, ignoradas nesses julgamentos, lançariam mais suspeitas sobre os meandros do futebol português e a Justiça em Portugal

    ResponderEliminar
  16. Prescrever é um verbo muito nosso, usado a preceito e abusado com mais rigor ainda. Prescrever está no ‘antes’ – no tempo do que é de regular, de estabelecer, de preceituar – e também no ‘depois’ – no tempo do que cessou de existir com o decorrer do tempo. Prescrever nunca é do tempo útil do agir.
    Assim, no Portugal da bola e da Federação e da Liga e da Nau Catrineta e das verdades relativas, tudo se pré-escreve na lei e tudo, na mesma lei, se prescreveu. Só assim se compreende que os dirigentes do Boavista exijam que a mesma justiça que condenou o clube os ressacie agora, porque essa mesma justiça exerceu a atitude muito lusitana do ‘deixar prescrever’ com a mesma competência com que se exerce o ‘deixar andar’. Aliás, de uma deriva a outra e das duas deriva esta podre sensação de impunidade que transforma a justiça desportiva portuguesa numa anedota de prostíbulo rasca.
    No mesmo âmbito, foi-nos comunicado que a Comissão de Instrução e Inquéritos da Liga Portuguesa de Futebol Profissional decidiu arquivar um processo a um ex-dirigente do Sporting, por prescrição. Afinal, umas famosas imagens de alguém a depositar dinheiro na conta de um fiscal de linha não existem porque a realidade das mesmas prescreveu, deixou de existir. Da mesma forma, aquela célebre lista com informações pessoais sobre os árbitros, também não deve ter existido, ou, se existiu, deixou de o ser porque prescreveu. Ainda nesta semana, o Sr. Costa recebeu um prémio da Associação de Futebol do Porto. Algures no tempo deve ter prescrito uma realidade chamada Apito Dourado. Porque isto de prescrever acontece sempre em desencontro com o tempo da Justiça é que o Torga dizia que “a História é morosa e nunca chega a tempo. Mesmo quando condena, é sempre fora de horas, depois dos crimes prescritos, numa altura em que já nenhum dos culpados pode cumprir a penitência.”

    ResponderEliminar
  17. Por que prescrevem os processos em Portugal?


    João Palma, secretário-geral do SMMP
    «É insustentável o actual regime do segredo de justiça em investigações»

    Pires de Lima, ex-bastonário da OA
    «O Governo tem mais interesse no dinheiro que entra nos seus cofres do que na credibilização da Justiça»

    Magalhães e Silva, advogado
    « Vai ser necessário uma ruptura reparadora que faça funcionar o sistema»

    Fisher Sá Nogueira, juiz-conselheiro jubilado do STJ
    «Criou-se uma situação de crise generalizada das instituições do Estado»

    Menezes Leitão, advogado

    «O descrédito da Justiça resulta do deficiente funcionamento dos tribunais».


    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Porque prescrevem?
      Porque não há justiça neste País podre e corrupto, por isso estamos onde estamos, ou seja...na MERDA!!!

      Eliminar
  18. Por que prescrevem os processos em Portugal? Por falta de provas? Por lentidão da Justiça? Num momento em que o caso «Maddie» se prepara para ser arquivado, – já que até ao momento os responsáveis pela PJ de Portimão e o procurador do MP entendem que não há provas que permitam acusar o casal McCann pelo desaparecimento da filha, «O DIABO» foi ao baú da Justiça perceber por que razão alguns dos casos mais conhecidos acabaram por prescrever. «Apito Dourado», «Operação Furacão» e caso «Maddie» continuam a fazer correr tinta, mas outros há que não deram em nada.

    Pires de Lima, ex-bastonário da Ordem dos Advogados (OA), João Palma, secretário-geral do Sindicato dos Magistrados do Ministério Público (SMMP), Fisher Sá Nogueira, juiz-conselheiro jubilado do Supremo Tribunal de Justiça, Menezes Leitão e Magalhães e Silva, advogados e ex-candidatos a bastonário da OA, falam a «O DIABO» sobre os imensos processos que em Portugal acabam por prescrever. Compensará o crime no nosso País?

    ResponderEliminar
  19. Pires de Lima, ex-bastonário da Ordem dos Advogados, «todos os casos são diferentes» e considera «errado que sejam todos metidos no mesmo saco não se explicando as razões que estão por detrás de cada um deles».
    « “O Apito Dourado ” ainda não está arrumado, o caso “Envelope 9 ” estava condenado a morte prematura, a “Operação Furacão ” tem-se estendido», adianta, realçando que «interessa mais que os arguidos paguem as multas e as indemnizações ao Estado porque qualquer cobrador de impostos como é este actual Governo tem mais interesse no dinheiro que entra nos seus cofres do que na credibilização da Justiça».

    ResponderEliminar
  20. Apito Dourado parado um ano
    O conselho de disciplina dos funcionários judiciais abriu um inquérito, a pedido do Conselho Superior da Magistratura, para investigar o que se passou na secretaria do Tribunal da Relação do Porto que fez com que o processo principal do Apito Dourado – em que é arguido Valentim Loureiro, entre outros – ficasse um ano parado, de forma «anómala». A consequência é que os crimes de corrupção desportiva estão a prescrever e os 11 arguidos condenados ficarão impunes.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois....
      A secretaria do Tribunal da Relação do Porto, já deve ter um camarote central no ladrão com todas as comodidades e mordomias...por relevantes serviços prestados à causa corrupta !!!

      Eliminar
  21. As participações disciplinares foram feitas há um mês pelo presidente da Relação do Porto, José Sousa Lameira, e pelo procurador-distrital, Alberto Pinto Nogueira. Num despacho no processo, este exigiu que a secretaria dê explicações sobre o sucedido, que «conduziu ao objectivo atraso de mais de 11 meses na tramitação destes autos».

    aqui: http://www.smmp.pt/?p=16406

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. As participações disciplinares vão para a mesma gaveta da Secretaria do Tribunal da Relação do Porto...e não penso eu de que...

      Eliminar
  22. PB-Caso de fraude e branqueamento no Nacional da Madeira também envolve um magistrado


    Público
    Quinta-feira, 04 de Agosto de 2011

    José Augusto Moreira

    Caso de fraude e branqueamento no Nacional da Madeira também envolve um magistrado

    Procurador da República, que já foi alvo de inquérito disciplinar, é o único membro da direcção do clube que ficou de fora da acusação

    ResponderEliminar
  23. Fico esmagado e deslumbrado com estes tratados juridicos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Estou contigo nesse deslumbramento.

      Parabéns ó Carlos. Tens entre os teus fregueses, gente que sabe da poda....mas que só sabe e nada poderá fazer. Infelizmente !!!

      Eliminar
  24. PGR quer afastar procurador do Porto

    Magistrado que liderou o combate ao crime violento punido com aposentação compulsiva

    Almeida Pereira, o magistrado que durante anos liderou o combate ao crime violento no Grande Porto, sendo responsável pela 9 secção do DIAP da mesma cidade, foi sancionado pelo Conselho Superior do Ministério Público na pena de aposentação compulsiva. A segunda mais grave sanção aplicável naquela magistratura – só superável pela pena de demissão – foi proposta na sequência de um processo disciplinar aberto ao magistrado.
    Almeida Pereira foi alvo de uma apertada vigilância após o `Apito Dourado’ ter sido desencadeado, devido à sua proximidade com alguns dirigentes desportivos e também por ser visita frequente no Estádio do Dragão, tendo mesmo chegado a acompanhar a equipa do FC Porto em competições internacionais. O magistrado, que nunca teve qualquer intervenção nos processos de corrupção, acabou depois por ganhar protagonismo quando foi indicado pelo director nacional da Polícia Judiciária, à data Alípio Ribeiro, para dirigir a Directoria Norte daquele órgão de polícia criminal. O nome foi vetado por Pinto Monteiro, o que obrigou a uma intensa procura no Ministério Público. Marques Vida], hoje coordenador do processo `Face Oculta’ no DIAP de Aveiro, acabou também por recusar o cargo da PJ dada a polémica que se tinha instalado.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Há mais Almeidas Pereiras nas altas instâncias da Justiça, especialmente no Porto, a favor da causa corrupta Dourada !!!

      Eliminar
  25. Temática: Policia e TribunaisProcurador do Apito acusa Juíza de julgar para absolver

    Magistrada que ilibou Pinto da Costa está revoltada com “ofensas” e queixa-se a Pinto Monteiro

    O procurador que representou o Ministério Público (MP) no caso do “envelope”, do Apito Dourado, arrasa a juíza de Gaia que absolveu Pinto da Costa, num recurso para o Tribunal da Relação. Avisada já fez queixa a Pinto Monteiro.
    O uso de expressões como “santa inocência”; críticas por não ter censurado as “mentiras” e a “grande peta” dos arguidos, e perguntas sobre um eventual preconceito da magistrada Catarina Ribeiro de Almeida em relação a Carolina Salgado, que visaria, de antemão, absolver o líder do F. C. Porto, fazem parte dos argumentos adoptados por José Augusto Sá para convencer o Tribunal da Relação do Porto a anular a absolvição do crime de corrupção desportiva decretada no Tribunal de Gaia.
    Pinto da Costa, o árbitro Augusto Duarte e o empresário António Araújo também não escapam à ironia do procurador. O dirigente portista chega a ser designado como “Papa” e “engenheiro”, numa alusão a escutas telefónicas interceptadas pela PJ a 16 de Abril de 2004

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A Juíza de Gaia, também acredita no coelhinho da Páscoa e no Pai Natal.

      Também acredita que o Padre Américo erradicou de vez, os rapazes maus!!!

      Eliminar
  26. Ó Carlos Alberto, estou admirado contigo, rapaz!!! Já são 10 horas e ainda não escreveste nada sobre o FC Porto hoje?!! Estou a ver que tens andado a tomar a medicação...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O pervitin lixa-te a mona toda!

      Eliminar
    2. A amarelinha tem estes efeitos secundários

      Eliminar

Caro(a) Benfiquista.
Aqui, no nosso blogue, a sua opinião é importante
Contribua para o debate livre.
Opine sobre o seu clube!